Pulsão de Vida e Pulsão de Morte

As descobertas de Freud referentes ao descentramento do sujeito, que determinam o Ser do Psiquismo, foram importantes para que os conceitos de Pulsão de Vida e Pulsão de Morte fossem formulados. A partir da elaboração das teorias ligadas ao Inconsciente Humano, importantes para o surgimento da perspectiva do deslocamento da soberania do consciente e do eu para os registros do inconsciente e das pulsões, o autor aprofundou as concepções relativas às pulsões.

Para Freud, as pulsões não estariam localizadas no corpo e nem no psiquismo, mas na fronteira entre os dois e teriam como fonte o Id (isso). A pulsão de vida seria representada pelas ligações amorosas que estabelecemos com o mundo, com as outras pessoas e com nós mesmos, enquanto a pulsão de morte seria manifestada pela agressividade que poderá estar voltada para si mesmo e para o outro. O princípio do prazer e as pulsões eróticas são outras características da pulsão de vida. Já a pulsão de morte, além de ser caracterizada pela agressividade traz a marca da compulsão à repetição, do movimento de retorno à inércia pela morte também.

Embora pareçam concepções opostas, a pulsão de vida e a pulsão de morte estão conectadas, fundidas e onde há pulsão de vida, encontramos, também, a pulsão de morte. A conexão só seria acabada com a morte física do sujeito.

 Podemos constatar o enlaçamento existente entre as pulsões na dinâmica da neurose da angústia.  A pulsão de morte no sujeito será a responsável pela elevação da tensão ou excitação libidinal que será escoada pela pulsão de vida que levará o indivíduo, impulsionado pelo princípio do prazer, a procurar objetos que venham minimizar os impactos da angústia.

Os conceitos de pulsão de vida e pulsão de morte concebidos por Freud foram importantes para a construção da teoria psicanalítica, pois proporcionou um novo entendimento sobre os registros do inconsciente, ampliando os estudos e concepções sobre o psiquismo humano.

 down_em_mim

About these ads

13 Comentários

Arquivado em Disciplinas, Psicanálise

13 Respostas para “Pulsão de Vida e Pulsão de Morte

  1. vera lucia

    sou esquizofrenica e ja passei pela fase da pulsao mas ate hoje nao sei bem o que e isso,gostaria de receber via e-mail mais informaçoes sobre este assunto.Obrigada por mim ajudar. VERA

  2. Anamaria lins

    olá, booa noite. gostaria se fosse possivel saber que textos especificos falam sobre essa pulsão de morte de Freud. pois estou fazend meu tcc e é um assunto que tenho q ler algm texto.
    desde já agradeço pela contribuição

    • MARCELA

      O texto que fala sobre a pulsao de vida e pulsao de morte é o Alem do principio do prazer. Mas la esta escrito instinto no lugar de pulsao por um erro de traducao.

      • ane

        marcela, instinto é muito usado, vc vai encontrar em vários textos, embora haja uma separação entre instinto e pulsão.
        pulsão: é usado qndo estamos falando de seres humanos
        instinto: é usado qndo se fala de animais irracionais
        espero ter ajudado!!!

    • RAFAEL

      Além do Princípio do Prazer
      O Mal-Estar na Civilização

  3. ari

    existe um livro muito bom que vc consiguirá decobrir todas suas respostas é:obras psicologicas,escritos sobre a psicologia do inconsciente.autor:luiz alberto hanns

  4. Mateus

    Gostaria de saber se alguem pode me indicar alguma obra que fale sobre vontades de autodestruição, por diversos meios (repressão de sentimentos, estimulos de doenças fatais, etc). Muito Obrigado.

  5. maria dalvagarcia

    gostaria de saber se um individuo que tem uma doença e nao se cuida pode se dizer que está ligado ao instinto de morte.
    origada

  6. Baseado na teoria de freud, o sujeito doente q nao se cuida, esta ligado a pulsao de morte. Pois e necessario q se cuide para ir para a pulsao de vida

    • Kássia

      Show de bola,isso me ajudou a entender melhor a pulsão de vida e a de morte,conseguir fazer meu trabalho sobre esse assunto bem mais rápido.OBRIGADO

  7. mavi

    Amei o texto gostaria de saber mais sobre as pulsões. A forma colocada é simples, objetiva e entendivel.

  8. kelly fernandes

    ” o motivo mais evidente que levou Freud a propor a existência de uma pulsão de morte foi os fenômenos de compulsão a repetição. A pulsão de morte é tambem chamada de pulsão de destruição, pulsões de dominação e vontade de poder. A pulsão que tende a redução completa das tensões ou seja, tende a reduzir o ser vivo ao estado orgânico.
    Pulsões de vida abrangem as pulsões sexuais e de autoconservação.A pulsão de vida e de morte se completam e se opõe são nos sentimentos de amor é ódio são a expressão mais clara da oposição e completação d estas duas pulsões. ”

  9. Pingback: CARTA ABERTA A DEUS. : Blogodines

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s