Arquivo da tag: Historia da Grécia Antiga

História da Grécia Antiga

greece_zeus_top.jpg 

O termo Grécia antiga se refere ao período histórico grego que compreende dos tempos de Homero ao Helenismo, período da história da Grécia compreendido entre a morte de Alexandre III (O grande) em 323 a.C. e a anexação da Península grega e ilhas de Roma em 147 a.C. De modo geral, o Helenismo foi a concretização de um ideal de Alexandre: Levar e difundir a cultura grega aos teritórios que conquistava. No período que compreende a Grécia antiga se desenvolveram a filosofia, a matemática, a ciência, a política, a arte e outros campos do conhecimento e do agir humano. Por tudo isso a Grécia Antiga é considerada o berço da cultura ocidental. Não existe uma data fixa ou sequer acordo quanto ao período em que se iniciou e terminou a Grécia Antiga. Tradicionalmente, a Grécia Antiga abrange desde os primeiros jogos olímpicos em 776 a.C. até a morte de Alexandre, O grande em 323 a.C.

Na sociedade da Grécia Antiga a economia dos gregos baseava-se no cultivo de oliveiras, trigos e vinhedos. O artesanato grego, com destaque para a cerâmica, teve grande aceitação no Mar Mediterâneo. Com o comércio marítimo os gregos alcançaram grande desenvolvimento, chegando mesmo a cunhar moedas de metal. Os escravos, devedores ou prisioneiros de guerra foram utilizados como mão-de-obra. Cada cidade-estado tinha sua própria forma político-administrativa, organização social e deuses protetores.

Foi na Grécia Antiga, na cidade de Olímpia, que surgiram os jogos olímpicos em homenagem aos deuses. Os gregos também desenvolveram uma rica mitologia. Até os dias de hoje a mitologia grega é referência para estudos e livros. A filosofia taambém atingiu um desenvolvimento surpreendente, principalmente em Atenas, no século V. Platão e Sócrates são os filósofos mais conhecidos deste período.

Quase todas as cidades gregas possuiam anfiteatros, onde atores apresentavam peças dramáticas ou comédias, usando máscaras. A dramaturgia grega foi muito destacada. A poesia, a história, artes plásticas e a arquitetura também foram muito importantes na cultura grega.

A religião politeísta grega era marcada por uma forte marca humanista. Os deuses possuiam características humanas e de deuses. Os heróis (semi-deuses) eram filhos de deuses com mortais. Zeus, deus dos deuses, comandava todos os demais do topo do Monte Olimpo. A mitologia grega era muito importante na vida desta civilização, pois através dos mitos e lendas, os gregos transmitiam mensagens e ensinamentos importantes.

As principais contribuições da Grécia Antiga ao mundo ocidental foi o desenvolvimento harmonioso do individuo (corpo e mente), a cidade autônoma (auto-governada), o perfeccionismo da arte e a especulação filosófica.

8 Comentários

Arquivado em Disciplinas, Filosofia I